, , , ,

Resenha: O Céu Está Em Todo Lugar - Jandy Nelson

Kemily10:23


Livro: O Céu Está em Todo Lugar
ISBN: 9788563219374
Autor(a): Jandy Nelson
Editora: Novo Conceito
Ano: 2011
Edição: 1
Páginas: 424

Eu deveria estar de luto, não me apaixonando. Às vezes é preciso perder tudo, para encontrar a si mesmo... Lennie Walker, obcecada por livros e música, tocava clarinete e vivia de forma segura e feliz, à sombra de sua brilhante irmã mais velha, Bailey. Mas quando Bailey morre de forma abrupta, Lennie é lançada ao centro de sua própria vida, e, apesar de não ter nenhum histórico com rapazes, ela se vê, subitamente, lutando para encontrar o equilíbrio entre dois: um deles a tira da tristeza, o outro a consola. O romance é uma celebração do amor, também um retrato da perda. A luta de Lennie, para encontrar sua própria melodia em meio ao ruído que a circunda, é sempre honesta, porém hilária e, sobretudo, inesquecível. Às 16h48 de uma sexta-feira de abril, minha irmã estava ensaiando para o papel de Julieta e, menos de um minuto depois, estava morta. Para minha surpresa, o tempo não parou com o coração dela. As pessoas continuaram indo à escola, ao trabalho, a restaurantes; continuaram quebrando bolachas salgadas em suas sopas, preocupando-se com as provas, cantando nos carros com as janelas abertas. Por vários dias, a chuva martelou o telhado da nossa casa — uma prova do terrível erro cometido por Deus. Toda as manhãs, quando me levantava, ouvia as incessantes batidas, olhava pela janela para a tristeza lá fora e me sentia aliviada, pois pelo menos o sol tivera a decência de ficar bem longe de nós.

Lennie Walker é a irmã mais nova da linda e divertida Bailey. As duas eram muito unidas e faziam tudo juntas, até que Bailey acaba falecendo. Assim, deixando sua irmã perdida e sozinha. Em um dia, Toby, namorado de Bailey, vai visitar Lennie e sua família, como uma visita comum. Eles dividem tristezas, sentimentos... Até ai tudo bem, só que algo "proibido" acontece: ele a beija. Arrependidos, os dois juram que isso nunca mais iria se repetir. Mas (como posso dizer?!), acaba acontecendo outra vez.

Já mudando... Quando Lennie volta ao colégio, um pouco antes das férias, acaba conhecendo o recém chegado Joe Fontaine. Os dois vão se conhecendo, se aproximando e (vapt!) acabam se apaixonando e começam a namorar. Só que como toda história de amor acaba tendo um conflito, Joe acaba vendo Toby e Lennie se beijando. E, acredite, isso não cai bem (óbvio). Feito, Joe havia dito que nunca mais iria vê-la, pois já havia sofrido muito anteriormente em um caso parecido com esse.

Como todo relacionamento (ou quase todos) não acaba assim, será que Joe e Lennie, acabarão se entendendo?

Quando eu encontrei esse livro vagando pelo site da Livraria Saraiva e da Editora Novo Conceito já fui conquistada pela capa dele. E fiquei ainda mais curiosa sobre esse livro quando eu li "Eu deveria estar de luto, não me apaixonando..." e foi ai que resolvi comprá-lo e óbvio, não me arrependi nem um pouquinho!

Jandy soube muito bem como usar as palavras nessa parte. Você se apaixona por todos os personagens e acaba vivendo a história junto com eles. Quando você começa a lê-lo você não vê a hora de terminar. É uma curiosidade imensa que toma conta do seu corpo.

Acho que a palavra "maravilhoso" é pouca perto desse livro. Foi um dos livros mais tocantes que eu já li e super recomendo par todos. Vale muito a pena ler! Eu mesma li em um dia e meio. Confesso que fiquei até as 2h30 da manhã de ontem lendo, mas valeu a pena! Leiam. Não irão se arrepender.
Avaliação:

You Might Also Like

0 comentários

Twitter

Instagram