, ,

Hora de ajudar: Que tal doar medula?

Gabrieli de Cinque20:03

Esse post foi enviando pela Amanda que é nossa Top Comentarista do momento. Adorei o tema e achei que precisava compartilhar com vocês porque sei que tem algumas pessoas que acompanham o blog e que podem ajudar desse jeitinho!

Ano que vem vou fazer doação de medula, já que faço 18 anos, e como essa causa é nobre e pode salvar muitas vidas, resolvi ajudar do jeito que posso. Abaixo explica como fazer a doação de medula, tirado do blog "CASA DO PEDRO"

♥ Para se cadastrar como doador de medula NÃO PRECISA TER TIPO SANGUÍNEO COMPATÍVEL COM QUEM PRECISA DA MEDULA. O transplante de medula é o único procedimento que existe onde o receptor pode mudar o tipo sanguíneo  Então o que conta não é o tipo sanguíneo e sim a COMPATIBILIDADE GENÉTICA entre doador e receptor.

♥ É preciso ter mais de 18 anos para fazer o cadastro.

♥ Para ser doador de medula você entra num cadastro mundial, é impossível direcionar a doação pra algum paciente especificamente. Lembre-se o que conta é compatibilidade.

♥ Se você for compatível com mais de 1 pessoa (o que é extremamente raro) não se preocupe, VOCÊ PODE DOAR MAIS DE UMA VEZ, já que a medula se REGENERA, e rapidamente coloca de volta o que foi doado.

♥ Qualquer pessoa no MUNDO, que esteja precisando de uma medula novinha poderá ser COMPATÍVEL com VOCÊ.

♥ Se você é cadastrado e nunca foi chamado, agradeça a Deus, isso significa que NINGUÉM geneticamente compatível com você está precisando no momento. Mas você só sabe disso pois está cadastrado.

♥ Receptor e doador NÃO TEM CONTATO, exceto se a doação for feita no mesmo hospital, em alguns casos se consegue este encontro.

♥ Ninguém tem acesso as suas informações pessoais e genéticas. Por isso não é possível que a família de quem está precisando verifique se você é compatível ou não. Quem faz isso é o REDOME, o sistema onde fica armazenado os seus dados.

♥ Primeiro você doa esperança, depois você doa vida. Lembre-se, cadastrar-se como doador de medula é o primeiro passo pra salvar uma vida, reconstruir uma família e fazer pelo próximo o maior gesto de amor que existe. É um pouquinho de você que vai salvar TUDO de alguém.
A leucemia não tem hora e nem idade pra aparecer, hoje eu peço pelo meu filho, amanhã outros Pedros irão pedir, não espere acontecer com você ou com alguém próximo para que você se importe, se importe agora, pois a doença não nos dá tempo de esperar você pensar nisso depois... 

♥ Como fazer?

Se cadastre no hemocentro de sua cidade, não custa nada. Será colhido apenas 5 ml de sangue para realização do cadastro, você então será incluído no REDOME , e assim que alguém geneticamente compatível com você precisar, eles entrarão em contato para realizar a coleta da medula e assim fazer o transplante.

♥ Como se tornar um doador de medula?

Você precisa ter entre 18 e 54 anos e estar em bom estado de saúde;
Ir até um hemocentro ou hemonúcleo autorizado e CADASTRAR-SE!
O CADASTRO consiste no preenchimento de uma ficha de identificação e
na COLETA de um simples exame de sangue para o teste de compatibilidade(tipagem
HLA);
Seus dados e sua tipagem HLA serão cadastrados no Registro Nacional de Doadores
Voluntários de Medula Óssea(REDOME);
Quando aparecer um paciente com a medula compatível com a sua, você será
chamado;
Novos testes sanguíneos serão necessários para a confirmação da compatibilidade; 
Se a compatibilidade for confirmada, você será consultado para decidir a doação; 
Seu atual estado de saúde será então avaliado. 

♥ Como é feita a doação?

A doação é um procedimento que se faz em centro cirúrgico, tem duração de 2
horas aproximadamente, sob anestesia peridural ou geral, e requer internação por
um mínimo de 24 horas. São realizadas múltiplas punções, com agulhas, nos ossos
posteriores da bacia e é aspirada a medula. Retira-se um volume de medula do doador
de, no máximo, 15%. Esta retirada não causa qualquer comprometimento à saúde.
Nos primeiros três dias após a doação pode haver desconforto localizado, de leve a
moderado, que pode ser amenizado com o uso de analgésicos e medidas simples.
Normalmente, os doadores retornam às suas atividades habituais depois da primeira
semana.

Para o doador, a doação será apenas um incômodo passageiro. Para o doente, será a diferença entre a vida e a morte. A doação de medula óssea é um gesto de solidariedade e de amor ao próximo.

Lembrem-se também que se fosse é maior de idade e não teve nenhum problema sanguíneo, você pode ajudar na doação de sangue que é mais difícil de ser feita no verão, não sei o porquê.

Espero que tenham gostado desse post e que ele toque o coração de vocês e de seus familiares!

Bisou!

You Might Also Like

10 comentários

  1. Gostei disso. Vou procurar fazer aqui na minha cidade. Só acho que ele talvez possam se recusar a fazer pelo meu peso ):

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente, Neilla! Talvez seu peso possa implicar em algo, mas só o desejo de ajudar já é algo.

      Excluir
  2. amei teu blog amiga seguindo se puder segue de volta

    http://sometimeluv.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostado, Erika! Beijos ♥ bem vinda!

      Excluir
  3. flor já estou seguindo
    sempre que puder der uma pequena pasadinha lá
    kisses

    x♥x

    http://deliniando.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Achei super importante isso aí, quando eu vi no casadopedro.

    ResponderExcluir
  5. aa eu tenho vontade de doar, mas ainda nao tenho 18 anos :((

    ResponderExcluir
  6. Também tenho vontade, Gabi, mas não tenho idade também! :(

    ResponderExcluir

Twitter

Instagram