, ,

Saí do facebook e fui para as ruas

Gabrieli de Cinque12:24

(Foto: Welitton Pereira)

O título já nem precisa ser explicado, né?! Finalmente comecei a me sentir uma cidadã que luta por um futuro diferente. Na quinta (20) ocorreu, aqui em Indaiatuba, o segundo ato contra o aumento da tarifa do transporte coletivo. Nem preciso falar muito, mas a tarifa daqui, atualmente, está em três reais para percorrer um trajeto pequeno, com ônibus em péssimas qualidades (quase me machuquei esses tempos) e sem aquele tal de bilhete único que dá para "reusar" a passagem no prazo de duas horas. Só que falar de como foi o protesto é bem mais legal e interessante, né?!


(Foto: Marcella Shida) E sim, eu estava MUITO feliz
Então, nem acreditei que eu iria no começo! Mesmo sabendo que estava tudo pacífico (e continuou), fiquei com aquele pezinho atrás. Nosso caminho foi enorme (não sei quantos km, mas estou com dores nas pernas igual fiquei depois da minha festa de 15) e apesar de estarmos em bastante gente (não sei também quantas ainda), havia uns buracos durante o percurso todo e isso foi triste. A mão cansou, o pé deu bolha, o estômago roncou, mas estávamos lá animados, andando, cantando e batendo palma. Não levei cartaz nem nada, mas quem me acompanha no insta (@gabidecinque) acabei voltando com um e com a cara pintada.




(Fotos: Marcella Shida)

Lógico que houveram engraçadinhos que acabaram estourando umas bombas, deixando os organizadores e os protestantes MUITO bravos, afinal o que eles SUPER frisam é o não ao vandalismo/violência. Uma coisa que foi muito criticada hoje (e que eu até reparei durante) foi que tinha muita gente que não estava levando aquilo realmente à sério, como gente bebendo e fazendo farra como se fosse festa (classificaram de "passeata de carnaval"). Ah, não sou contra quem fuma (seja cigarrou ou qualquer outra coisa), mas mesmo estando em lugares abertos, acho desagradável demais fumar por tabela lembrando também que havia crianças durante o manifesto.

Bom, acho que estou falando demais. É só que tem lugares (como aqui, talvez) que possam estar fugindo do projeto inicial, perdendo uma ideologia por aqueles que não estar indo pelo que realmente deve ser buscado. Lembrando também que não apoiamos nenhum tipo de violência/vandalismo em nenhuma situação. Se você puder ir fazer a sua parte, realmente faça! É uma experiência meio difícil de descrever/explicar, mas que com certeza é algo difícil de esquecer.

Desculpa por falar um monte e obrigada à todos que têm ido às ruas lutar por todos nós. Cuidado e Vamos pra Rua!

You Might Also Like

7 comentários

  1. Queria tanto ter ido na da minha cidade, mesmo que ela seja do interior minha mãe não deixou :/ mas agradeço a todos que foram as ruas e lutou pelo nosso futuro e nosso país! Só de ver as fotos já da pra perceber que você estava muito feliz *-*

    ResponderExcluir
  2. Acho o certo é todos irem para rua. Parabéns por ter ido ás ruas mudar o nosso país! Eu só não fui pois minha mãe não deixou. ps. ainda irei convence-lá!
    :)

    ResponderExcluir
  3. Ahh Sthér, eu também não fui pela minha mãe :/ Mas fico muito grata por essas pessoas, que assim como a Gabi, protestaram por nós!

    ResponderExcluir
  4. Adorei seu cartaz! Eu estava louca de vontade de ir pra rua participar de um protesto também, mas os compromissos de trabalho não deixaram :/

    Blog | Facebook

    ResponderExcluir
  5. Na verdade esse cartaz parou por acaso comigo, haha. Que pena que não pode ir :(

    ResponderExcluir
  6. Boa sorte aí, Laura! Beijos ♥

    ResponderExcluir
  7. Nhom nhom, estava mesmo ♥ que pena que não pode ir, chuchu, mas estive lá por você e outros.

    ResponderExcluir

Twitter

Instagram