, , , ,

A Seleção (Kiera Cass)

Kemily14:30



Depois de praticamente 5 meses sem postar nenhuma resenha aqui no blog, resolvi fazer uma maratona de resenhas e durante essa semana, postarei uma por dia dos meus últimos livros lidos!

A Seleção foi um livro que eu encontrei entre os mais vendidos da Livrarias Curitiba da minha cidade há alguns meses atrás e que acabei abandonando na estante, porque li uma resenha ruim e perdi toda a minha vontade de lê-lo. Antes de ontem, resolvi, finalmente, tirar minhas próprias conclusões e a única coisa que eu consigo pensar agora é: "como eu não li esse livro antes?".

Kiera Cass escreveu um livro que desde a primeira página prende a sua atenção. A obra foi feita em primeira pessoa, do ponto de vista de America Singer, que vive no futuro em um país chamado Iléa, onde toda a sociedade é dividida em castas distribuídas de Um a Oito - desde a família real até os "mendigos".

Nessa sociedade, tudo é cheio de normas e muito rigoroso. A protagonista pertence a casta Cinco, levando uma vida pobre, e é apaixonada por Aspen, um garoto da Seis, que é de um nível inferior ao dela, mas isso não impede de que o casal faça planos para casamento, filhos e tudo aquilo que terão que enfrentar para poderem ficar juntos. 

Tudo seguia no normal que America estava acostumada: ela tocava diferentes instrumentos, ajudava os pais, o irmão e a irmã. Até que ela recebe uma carta de inscrição para a temida Seleção: uma competição onde 35 garotas são levadas para o palácio e tem que fazer o seu melhor para conseguir conquistar o coração do príncipe Maxon e se tornar a princesa de Iléa.

Diferente de todas as outras garotas selecionadas, vemos que a protagonista não quer ser a Selecionada de jeito nenhum. Para ela, a única coisa boa disso tudo é o dinheiro que é enviado para a sua família durante o tempo que ela permanece no palácio e a comida que é servida lá. Mas, no decorrer da história, America acaba mudando sua ideia sobre várias coisas e uma delas acaba aproximando-a do príncipe que antes ela considerava superficial. Qual será o futuro dela?

Essa distopia com certeza entrou para minha lista de favoritos e foram apenas duas coisas que não me deixaram muito feliz durante a leitura: o fato do livro terminar abruptamente e o romance da America e do Aspen, já que desde o momento que ela conhece Maxon, eu torço para que os dois fiquem juntos!

Não vejo a hora de ler a continuação, A Elite, mas o que provavelmente vai demorar um pouquinho devido a toda correria do colégio. Não posso deixar de usar o meu "mais que recomendado" de sempre! 

You Might Also Like

0 comentários

Twitter

Instagram